Home / Destaques / Empresas portuguesas acima da média na transformação digital
programação transformação digital outsystems pme magazine

Empresas portuguesas acima da média na transformação digital

As empresas portuguesas e europeias voltaram a demonstrar uma maturidade acima da média global no que toca à transformação digital, concluiu a OutSystems na sua sexta edição do relatório anual “The State of Application Development 2019”.

O estudo teve por base inquéritos a 3300 profissionais de TI de empresas de todas as dimensões e de todas as indústrias a nível mundial, incluindo respostas de 253 profissionais de TI de empresas portuguesas ou a operar em Portugal.

A nível nacional, em média, os profissionais de TI registaram uma maturidade da transformação de 4.01 pontos, numa escala entre zero a seis pontos. Estes resultados, juntamente com a média de organizações da Europa, “representa a média mais alta a nível regional e global”, refere o estudo. A média global foi de 3,74 pontos.

“Durante 2019 os profissionais entrevistados em Portugal têm planos para desenvolver e disponibilizar 60% mais aplicações do que no ano passado. Quase 40% prevê disponibilizar mais de 25 aplicações”, adianta o estudo.

Já o tempo de desenvolvimento das organizações portuguesas é mais rápido quando comparado com a média global: “65% afirma que disponibilizam aplicações web em quatro meses ou menos, enquanto 64% refere disponibilizar aplicações móveis em igual período”.

As equipas de desenvolvimento também cresceram, segundo constataram 51% dos inquiridos.

Quanto à adoção do low-code, 63% dos inquiridos portugueses refere já ter aderido a este tipo de tecnologia.

A ameaça da disrupção digital e a necessidade de uma transformação digital têm sido fatores determinantes nas estratégias de TI há anos. Se juntarmos isto à incerteza que caracteriza o panorama económico global, torna-se óbvio porque é que os líderes empresariais estão tão preocupados com o fator da agilidade”, refere Steve Rotter, CMO da OutSystems, citado no comunicado.

 

Transformação digital global em desenvolvimento

Já os resultados globais indicam que o processo de transformação nas empresas foi avaliado em 3,74 pontos, numa escala entre zero e seis pontos.

A procura pelo desenvolvimento de aplicações continua elevada, com o número de solicitações e entregas a ser 60% superior em 2019 do que no ano anterior. Quanto ao tempo médio, 61% dos inquiridos refere ser de quatro meses ou menos.

O recrutamento e retenção continuam a ser um problema: apenas 15% referiu ser fácil recrutar.

Dos inquiridos, 41% refere que a organização já está a utilizar plataformas de low-code, enquanto 10% refere estar para começar a usar e breve.