Home / Empresas / Mais de mil estudantes e profissionais de Saúde esperados no AIMS Meeting
AIMS Meeting

Mais de mil estudantes e profissionais de Saúde esperados no AIMS Meeting

A 10.º edição do AIMS Meeting, o maior congresso de biomedicina, organizado por estudantes de Medicina está de regresso a Lisboa.

Este ano, realiza-se na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa, esperando-se 1000 participantes, 190 dos quais internacionais provenientes de 35 países diferentes. Para a sua realização, o evento contará ainda com a colaboração de 300 profissionais de saúde, entre eles três prémios Nobel.

Durante três dias, alunos e especialistas assistem a uma série de palestras, mesas redondas, workshops e competições, tendo em vista uma imersão profunda no mundo da biomedicina.

O primeiro dia será dedicado aos temas do sexo e reprodução e contará com a presença de Harald zur Hausen, médico alemão e Prémio Nobel da Medicina (2008) na sequência da descoberta do HPV como agente causador de cancro do cólo do útero. Recentemente, tem defendido a vacinação contra o HPV também para rapazes.

Entre os oradores estarão também a norte-americana Marci Bowers, ginecologista pioneira em cirurgia de redesignação sexual, sendo a primeira transexual a efetuar este tipo de cirurgia, Neil Shah, especialista a desenhar, testar e implementar soluções de saúde pública na área materno-fetal; e Jeanne Conry, ginecologista e futura presidente da Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia.

O segundo dia é dedicado ao tema da imunidade, contando com Gero Hütter, hematologista alemão responsável pelo tratamento de Timothy Ray Brown, o primeiro e único doente considerado curado de HIV/SIDA.

Também Peter Agre, Prémio Nobel da Química (2003) pela descoberta de aquaporinas, fará parte do painel de oradores, bem como Pankaj Chandak, vanguardista na utilização da tecnologia de impressão 3D em transplantação renal pediátrica; Faith Osier, imunologista e investigadora queniana a desenvolver novos mecanismos para vacinas contra a malária no Heidelberg University Hospital, Alemanha; e Martin Schuijs, imunologista belga e um dos primeiros investigadores a estabelecer o mecanismo molecular protetor por parte de ambientes rurais em doenças imunomediadas.

O terceiro e último dia será dedicado aos cinco sentidos e contará com a presenta do Prémio Nobel da Medicina (2004) Aaron Ciechanover, que descobriu a degradação de proteínas mediada pela ubiquitina e que irá falar sobre medicina de precisão.

A jornada conta, ainda, com a palestra do oftalmologista britânico Andrew Bastawrous, que desenvolveu a aplicação móvel Peek que permite, através do smartphone, fazer exames oftalmológicos de baixo custo e que revolucionou o tratamento oftalmológico em países em desenvolvimento.

O dia fica completo com as participações da neurocientista e musicoterapeuta Jessica Grahn e do otorrinolaringologista Oliver Kaschke.

Haverá, ainda, lugar a I&D Talks, com Nuno Figueiredo, diretor do centro cirúrgico do Centro Champalimaud e especialista em cirurgia colorretal, e Marta Moita, investigadora de neurociência do Centro Champalimaud.

“O AIMS Meeting é mais do que um encontro para estudantes de Medicina, é um espaço onde aspirantes e especialistas podem trocar experiências e a complementar a sua formação académica. O nosso objetivo principal é inspirar os nossos participantes e aproximá-los dos profissionais de saúde que querem ser. Em 2018, tivemos 750 participantes e este ano superaremos os mil. Estamos orgulhosos por poder trazer a Portugal alguns dos mais célebres e conceituados nomes da Medicina actual”, sublinha Diogo Ferreira, coordenador geral da AIMS Meeting.

O AIMS Meeting conta na sua comissão de honra, entre outros, com o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, a ministra da Saúde, Marta Temido, o ministro do Ensino Superior, Tecnologia e Ciência, Manuel Heitor, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, e com o reitor da Universidade de Lisboa, António Cruz Serra.