Home / Internacional / EUROPA / Micolet: A startup que está a conquistar os mercados europeus
Micolet: A startup que está a conquistar os mercados europeusMicolet: A startup que está a conquistar os mercados europeus

Micolet: A startup que está a conquistar os mercados europeus

Micolet.pt , uma página online líder na venda de roupa de mulher em segunda mão na Europa, finalizou 2018 com um crescimento médio de 150% nos principais mercados europeus.

“A esposa do meu sócio tinha um problema: a sua casa estava cheia de roupa e acessórios que já não utilizava e que estavam em muito bom estado e podiam ter uma segunda vida no armário de outras mulheres. No entanto, não encontrava maneira de colocar à venda todos esses artigos sem se ocupar de toda a gestão exigida, uma tarefa que requer bastante tempo”, explica Aritza Loroño, um dos fundadores de Micolet.

O que começou em 2015 como um pequeno projeto, converteu-se em 2018 num grande negócio de compra-venda online de roupa de mulher em segunda mão que opera em Espanha, França, Reino Unido, Itália e Alemanha, fechando assim o ano como uma empresa em pleno auge a nível europeu. O objetivo desta Startup é entrar naPolónia e Holanda em 2019, somando assim um total de de 8 mercados no continente.

A Micolet recebe diariamente na sua nova sede de Basauri (Bizkaia) milhares de artigos Zara, Mango, Levi’s, Bershka, Stradivarius, Asos, entre muitas outras marcas, que o marketplace põe à venda imediatamente depois de passar, fotografar e partilhar no seu site.

O objetivo final é vender a roupa e acessórios no menor tempo possível e a um preço competitivo. Com este sistema captaram mais de 800.000 usuários em Espanha e nos restantes países são 200.000 usuários crescendo mensalmente 50.000 usuários novos, chegando assim a mais de um milhão de usuários a nível global. Devido ao rápido crescimento de usuários, a Micolet estreou recentemente um novo armazém com más de 10.000m2 para ampliar e melhorar o serviço.

No primeiro ano os propulsores da startup conseguiram ficar em segundo lugar com o seu projeto no campeonato celebrado por uma das aceleradoras mais importantes atualmente, Seedrocket.

Posteriormente, foram uma das oito empresas selecionadas pela Google pelo seu mentoring. Depois de passar por estes programas de aceleração conseguiram contactos e muita ajuda para poder crescer de maneira exponencial.

“Foi muito interessante tudo o que aprendemos e tenho a certeza que nos ajudou no processo de tomada de decisão. Porém, sem dúvida que o mais importante foram os contactos que fizemos”, diz Loroño.