Home / OPINIÃO / Tenha reuniões produtivas
anaganhão pme magazine reuniões produtivas
Ana Ganhão colabora com a PME Magazine (Foto: Promotoravida)

Tenha reuniões produtivas

Por: Ana Ganhão, Humanistic Professional Coach

Umas empresas reúnem muitas vezes e o produto da reunião é improdutivo, outras não reúnem e ficam no vazio da comunicação. Reuniões ineficazes têm custos para a empresa: por serem extensas impactam no tempo útil do colaborador logo nas suas tarefas e por serem inconclusivas desorientam e desmotivam. 

Existem dois fatores chave para criar reuniões produtivas: o tempo e a comunicação. Aqui ficam alguns conselhos para ter reuniões mais produtivas:

  • Como responsável, comece por definir se a reunião é mesmo necessária e que tipo de reunião vai ter (formativa, informativa, de feedback, tomada de decisões, ou outra). De acordo com o tipo de reunião prepare e aloque os recursos necessários;
  • De seguida convide apenas as pessoas diretamente envolvidas no assunto. Tenha presente o custo que cada colaborador envolvido representa para a empresa;
  • Defina o dia e hora que menos impactará nos custos da empresa e em que os seus colaboradores estarão menos sobrecarregados;
  • Informe que tipo de reunião vai ter e qual o tema. Se for uma reunião de feedback a mesma pode ser feita de pé num espaço comum de trabalho, faz com que todos percebam que a mesma tem de ser rápida e efetiva, logo ficarão mais atentos;
  • Escolha um líder para a reunião. Mantenha essa escolha rotativa, fazendo assim com que todos participem e compreendam a importância desse papel;
  • Defina as regras da reunião, cumpra-as e faça-as cumprir;
  • Seja preciso, claro e objetivo;
  • Comece e acabe cada assunto, não deixe que os participantes naveguem entre assuntos sem que o anterior esteja concluído;
  • Peça a intervenção de todos e crie comprometimento entre as partes;
  • Tenha sempre presente o lema de “foco na solução”;
  • Termine a reunião com uma breve conclusão, um reforço das decisões tomadas e uma palavra de motivação.

Elimine reuniões agendadas que já não sejam necessárias. Como exemplo, ter um agendamento semanal no início de um projeto poderá ser indispensável, mas à medida que o processo vai avançando poderá ser necessária somente uma reunião quinzenal ou mensal.

Por fim, informe os colaboradores sobre os resultados alcançados, dando relevância ao facto de o sucesso ser possível graças aos alinhamentos que todos fizeram nas reuniões, mantendo desta forma a motivação para futuras participações.

Prazerosas reuniões!